Leouve - Juventude pressiona, mas Inter vence por 1 a 0 no primeiro jogo da final
giweather joomla module
giweather joomla module
giweather joomla module
giweather joomla module
giweather joomla module
giweather joomla module
giweather joomla module
giweather joomla module
next
prev

Juventude pressiona, mas Inter vence por 1 a 0 no primeiro jogo da final

01.05.2016   .  17:57
Inter saiu na frente na decisão do Campeonato Gaúcho Inter saiu na frente na decisão do Campeonato Gaúcho (Foto: Ricardo Duarte/SCI/Divulgação)

O Juventude bem que tentou, mas foi o Inter que saiu do Alfredo Jaconi com a vantagem no primeiro jogo da final do Campeonato Gaúcho 2016. Na única chance real de gol do colorado, Andrigo acertou um belo chute e marcou o único gol da partida. A grande final ocorre no próximo domingo, 16h, no Beira-Rio.


 


O jogo iniciou com as duas equipes marcando forte. A primeira chance do Juventude com Roberson. Ele arriscou de fora da área para boa defesa do goleiro Alisson. Na sequência, o Inter respondeu com Sasha, que quase marcou após cruzamento da esquerda.


 


Aos 21, o colorado chegou ao primeiro gol. Andrigo recebeu um belo passe de Vitinho na entrada da área e acertou uma bomba, sem chances para o goleiro Elias. Na resposta do Juventude, Hugo recebeu um belo passe de Dieguinho e ficou cara a cara com Alisson. O meia do Ju bateu forte e o goleiro colorado espalmou por cima do gol, salvando o Inter.


 


O Juventude ainda teve mais uma chance para empatar. Roberson apareceu na entrada da área e foi derrubado por Anderson. Na cobrança da falta, Itaqui bateu forte e a bola explodiu na barreira. Antes de acabar a primeira etapa, o atacante colorado Vitinho ainda tentou simular uma penalidade, mas o árbitro Leandro Vuaden mandou o jogo seguir.


 


Na segunda etapa, o Juventude voltou melhor e foi pra cima do Inter. Logo aos cinco minutos, Bruno Ribeiro completou cruzamento e acertou a trave do goleiro Alisson. O Inter chegou aos oito, com Vitinho, mas o atacante foi bloqueado pela zaga alviverde.


 


Depois dos 10 minutos, aí só deu Juventude. Aos 16, a bola sobrou com Hugo que emendou de primeira. A bola, que ia para o gol, bateu no braço de Ernando, mas o árbitro mandou o jogo seguir. O jogo parecia se desenhar ainda mais para o Juventude quando Vitinho, após falta boba em Bruno Ribeiro, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Com um a mais, o técnico Antônio Carlos colocou o Juventude para cima: saíram Wanderson e Itaqui e entraram Wallacer e Felipe Lima.


 


As modificações não surtiram muito efeito. Mesmo com um a mais, o Juventude pouco criou nos minutos finais da partida. Nas melhores chances, primeiro Bruno Ribeiro bateu dentro da área, a bola desviou em Ártur e saiu pela linha de fundo. Aos 46, a equipe alviverde ainda teve a última chance. Hugo bateu falta da entrada da área, a bola desviou na zaga e saiu caprichosamente pela linha de fundo.


 


O resultado deixa o colorado com o Hexacampeonato Gaúcho encaminhado. Domingo que vem, no Beira-Rio, o Inter só precisa de um empate para garantir o título. Já o Juventude precisa vencer por 1 a 0 para levar a decisão para os pênaltis.


 

Publicidade

Publicidade


Cadastre-se e receba informações e promoções exclusivas: